Educar Notícias : Estudo à Distância pelo Computador atrai Concurseiros
em 25/07/2012 20:19:01 (768 leituras)

Open in new window Por Fábio Figueirôa A luta e a persistência do homem em criar meios de registrar e passar adiante informações são tão antigas quanto a sua existência. A linguagem através de gestos, sinais de fumaça, pinturas, desenhos nas rochas e da escrita são exemplos de comunicação desde os primórdios da humanidade. Dos meios de comunicação mais antigos até os modernos (imprensa, telégrafo, cinema, rádio, televisão e internet), observa-se que, em qualquer época, o ser humano busca transmitir informações e obter conhecimento, por meio de tecnologias. 



 

As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), a exemplo da internet, têm possibilidades de levar conhecimento para os lugares mais longínquos e até mesmo diminuir distâncias, facilitando o acesso à educação. Cada vez mais a sociedade se insere nesse novo contexto web, por isso a necessidade dos professores acompanharem esse crescimento, procurando adaptar-se às novas demandas que crescem gradativamente em todo o mundo. Desse modo, partimos do pressuposto de que os profissionais de hoje precisam compreender que necessitam reformular seus processos e interagirem nesse contexto de mudanças tecnológicas. Criar espaços criativos, flexíveis, dinâmicos e participativos, valorizando a inteligência coletiva e com foco no aluno, também faz parte dos desafios da era digital para os profissionais dos dias atuais.

A Educação a Distância (EaD), com o passar do tempo, desde o século XVIII, vem crescendo de forma proporcional com o aprimoramento das tecnologias e dos seus avanços no campo das técnicas de ensino on-line. A EaD trabalha com dois tipos de comunicação como seus pilares no desenvolvimento do ensino para se atingir a aprendizagem dos discentes: a síncrona e a assíncrona. A primeira é a comunicação em tempo real, on-line, o que interpretamos também de ao vivo, onde os interlocutores podem trocar informações no mesmo instante, a exemplo do chat (bate-papo) ou videoconferência. Essas ferramentas são utilizadas pelos docentes para aplicar a sincronia desejada. A segunda é uma comunicação intermitente, na qual os interlocutores necessitam esperar pela resposta. O e-mail é um tipo de comunicação assíncrona, como também a ferramenta fórum, onde os participantes, em um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), fazem questionamentos, tutores aplicam atividades ou tarefas, gerando uma interatividade, mas de forma off-line. A eficácia dessas ferramentas foi constatada por este pesquisador no curso de graduação presencial em Museologia, da Universidade Federal de Sergipe (campus de Laranjeiras), com a implantação de um AVA, como também no Sistema de Ensino Cursos Educar que oferece Aulas Ao Vivo pelo computador para diversos concursos espalhados pelo país.

Para a criação das salas virtuais, onde cada disciplina ou curso para concursos tem o seu espaço on-line, a exemplo dos cursos ao vivo da Polícia Militar de Sergipe, de Alagoas e da Universidade Federal de Sergipe, entre outros, os candidatos têm a disposição alguns portais da internet que oferecem esse serviço de Aulas Ao Vivo ou em tempo real. Observando essa experiência, fica claro perceber que as TIC’s contribuem para o desenvolvimento das atividades em um Ambiente Virtual de Aprendizagem durante a realização de cursos à distância e no apoio aos presenciais. Como pensa o filósofo francês Pierre Lévy, “as relações entre o homem, o trabalho, a própria inteligência dependem, na verdade, da metamorfose incessante de dispositivos informacionais de todos os tipos. Escrita, leitura, visão, audição, criação, aprendizagem são capturados por uma informática cada vez mais avançada”. Entende-se que esses espaços de conhecimento on-line devem ser considerados, não apenas como mais um recurso e, sim, como a parte principal para os concurseiros de plantão atingirem a aprovação tão desejada. As TIC’s articulam várias formas eletrônicas de armazenamento, tratamento e difusão do conhecimento. Tornam-se mediáticas após a união da informática com as telecomunicações e os audiovisuais. As TIC que utilizamos diariamente, como a internet, por exemplo, oferecem novas formas de aprendizagem. A democratização do acesso a esses produtos tecnológicos é um grande desafio para a sociedade atual, demanda esforços e mudanças nas esferas cultural, social, política e educacional.

As Tecnologias de Informação e Comunicação apresentam-se como um recurso valioso para o aprendizado significativo de estudantes de cursos à distância. Os últimos anos que a sociedade vem passando estão sendo marcados por mudanças significativas e grandes evoluções tecnológicas. As mudanças no campo das ciências, da medicina e, principalmente, da informática são frequentes. A sociedade já viveu vários tipos de revolução: a industrial, das telecomunicações e atualmente, a revolução da informação. Vivemos na era da informação, na qual a rede mundial de computadores será à base de recepção e transmissão de dados. A internet vem evoluindo a cada dia.

Novas funções e usos são acrescentados aos mecanismos de busca e utilizados como fontes de informações, entretenimento, serviços, educação e comunicação entre as pessoas. De acordo com Castells, “a Internet tem tido um índice de penetração mais veloz que qualquer outro meio de comunicação na história: nos Estados Unidos, o rádio levou 30 anos para chegar a sessenta milhões de pessoas; a TV alcançou esse nível de difusão em 15 anos; a Internet fez em apenas 3 anos [...] O resto do mundo está atrasado em relação à América do Norte e os países desenvolvidos, mas o acesso à Internet e seu uso os estavam alcançando rapidamente nos principais centros metropolitanos de todos os continente”. Há diversas vantagens para os concurseiros que optam em se preparar por meio de estudo a distância: a) o horário dos estudos é definido pelo próprio candidato; b) os conteúdos podem ser acessados a qualquer momento; e c) não há problema de espaço e tempo geograficamente, já que as aulas podem ser assistidas de qualquer lugar, a qualquer hora. Apesar das videoconferências terem hora e dia marcados, visto que acontece em tempo real, a maioria dos cursinhos preparatórios que atuam neste mercado, a exemplo do Cursos Educar, grava essas aulas e as disponibilizam em um Ambiente Virtual de Aprendizagem. Cada aluno passa a ter acesso com login e senha e pode assistir às aulas quantas vezes desejar. Sem dúvida, essa é uma das grandes vantagens de se estudar por meio de videoconferências. Em um cursinho presencial, se o aluno perder a aula, o professor não volta para explicar tudo novamente. Já a distância, o aluno rever a aula no dia, horário e quantas vezes desejar.

*É Coordenador Acadêmico e SEO do Cursos Educar (www.cursoseducar.com.br), Mestre em Educação (UFS), Doutorando em Educação Matemática (Uniban), Tutor de TCC da Pós à Distância da UFS, Consultor de Educação a Distância da Organização das Nações Unidas/Ministério de Desenvolvimento Social e presta consultorias na implantação de Ambientes Virtuais de Aprendizagem, Revistas Científicas, Websites e Palestras On-line por Videoconferência.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia -


Outros Artigos
06/04/2014 17:40:00 - CONCURSO UFS: AINDA DÁ TEMPO E ESTUDE COM AULAS AO VIVO E GRAVADAS
18/03/2014 01:10:27 - Concurso UFS: prepare-se aqui com Aulas Ao Vivo e Gravadas
17/03/2014 17:13:15 - Concurso PM Sergipe: 1º lugar geral estudou sem sair de casa
03/03/2014 11:24:52 - Revisão Online Concurso Hospital Universitário
09/02/2014 23:33:31 - Revisão Ao Vivo Concurso PM Sergipe: Aula + Simulado + Apostila



Marcar este artigo como favorito neste site

                   

Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Cursos em Administração

Cursos em Direito

1º lugar geral PM Sergipe

Open in new window

Atendimento On-line

Open in new window